Documento /app Documento /amp -->
Publicidade

Estado de Minas CRASH TESTE

Fiat Argo e Cronos recebem três estrelas no teste de impacto do Latin NCAP

Os compactos Fiat Argo e Cronos alcançaram três estrelas para proteção de adultos e quatro para crianças em crash teste realizado pelo Latin NCAP


postado em 16/07/2019 16:03 / atualizado em 16/07/2019 17:56

 

Finalmente, depois de mais de dois anos do lançamento do Fiat Argo e um ano e cinco meses da chegada do Cronos ao mercado brasileiro, os modelos compactos são submetidos aos testes de impacto do Latin NCAP (a entidade de segurança também testou o Toyota Etios). Hatch e sedã receberam três estrelas na proteção para adultos, nota inferior à de seus concorrentes. Já na proteção para crianças, ambos receberam quatro estrelas.


Os dois modelos da Fiat foram submetidos ao teste na quarta rodada de resultados de 2019 do Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, Latin NCAP. O Fiat Argo, produzido no Brasil, e o Cronos, na Argentina, estavam equipados com dois airbags frontais padrão. De acordo com os responsáveis pelo teste, ambos apresentaram proteção fraca no peito do adulto no impacto lateral. A estrutura foi considerada instável no limite da estabilidade. Mas o Latin NCAP considerou que o modelo tem “boa projeção e desenvolvimento na sua concepção, fato que deveria permitir melhorias”.

No teste de impacto lateral, a proteção ao peito foi considerada fraca(foto: Latin NCAP/Divulgação)
No teste de impacto lateral, a proteção ao peito foi considerada fraca (foto: Latin NCAP/Divulgação)

 Alguns fatores contribuíram com a pontuação mediana do Argo e do Cronos no teste de impacto, entre eles a ausência do lembrete do uso do cinto de segurança para o passageiro e a falta do controle de estabilidade (ESC), item considerado imprescindível pelo instituto de segurança. Já a proteção para o ocupante infantil foi avaliada como boa pelo Latin NCAP, chegando perto de atingir a classificação máxima no teste. O sistema de ancoragem de cadeiras infantis (Isofix) foi ponto positivo na avaliação dos modelos. Mas, embora no Argo e no Cronos seja possível desconectar o airbag se houver uma cadeira infantil voltada para trás no banco do passageiro, o Latin NCAP considerou que a sinalização não atende aos requisitos exigidos. Da mesma forma, a sinalização das ancoragens Isofix também não atende aos regulamentos da entidade.


Para o secretário-geral do Latin NCAP, Alejandro Furas, “os fabricantes estão reagindo aos testes, proporcionando segurança para além dos requisitos regulamentares”. Ele afirma que as cadeiras infantis voltadas para trás, para crianças de três anos, têm proporcionado benefícios importantes, favorecendo a melhor pontuação dos modelos testados.

O Latin NCAP considerou que o modelo tem %u201Cboa projeção e desenvolvimento na sua concepção, fato que deveria permitir melhorias%u201D(foto: Latin NCAP/Divulgação)
O Latin NCAP considerou que o modelo tem %u201Cboa projeção e desenvolvimento na sua concepção, fato que deveria permitir melhorias%u201D (foto: Latin NCAP/Divulgação)

Ao mesmo tempo, Alejandro diz que “é preocupante que um fabricante como a FCA ainda não ofereça o controle de estabilidade (ESC) e airbags de cortina de série em modelos novos como o Argo e o Cronos”. O teste do Argo e do Cronos no Latin NCAP foi patrocinado peça FCA.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade