Documento /app Documento /amp -->
Publicidade

Estado de Minas FORA DE ESTRADA

Ducati Multistrada V4 ganha novo motor e tecnologia que detecta aproximação

Equipada com motor de quatro cilindros em V de 170cv, a quarta geração da Ducati Multistrada também conta com radar dianteiro e traseiro para auxiliar na pilotagem


postado em 17/11/2020 15:07

Lançado em 2003, o modelo Multistrada chega à sua quarta geração trazendo mais tecnologia(foto: Fotos: Ducati/Divulgação)
Lançado em 2003, o modelo Multistrada chega à sua quarta geração trazendo mais tecnologia (foto: Fotos: Ducati/Divulgação)
 

O modelo Multistrada, lançado em 2003, chega à sua quarta geração com duas inéditas tecnologias. O motor de quatro cilindros em V e um sofisticado sistema de radar que detecta aproximações e ajusta o piloto automático. São três versões: Multistrada V4, V4 S e V4 S Sport, com vários pacotes de equipamentos, inclusive para melhor performance no fora de estrada. Porém, o motor V4, batizado de Granturismo, é comum a todas as versões. Essa arquitetura já foi usada pela Ducati nos modelos Superleggera e Streetfighter, e agora migra para a Multistrada.


O motor com 1.158cm³ entrega nada menos que 170cv a 10.500rpm e torque de 12,7kgfm a 8.750rpm. A furiosa tropa também gera bastante calor quando exigida. Para minimizar o sofrimento nas pernas do piloto, a bancada traseira do motor é desligada quando parada no trânsito, por exemplo. Em movimento, a assistência da eletrônica é maciça. A plataforma inercial (IMU) faz a gestão dos freios ABS cornering (de atuação em curvas), do weelie control (que impede a roda dianteira de empinar nas acelerações) e do controle de tração, que impede a roda traseira de patinar.

A Multistrada V4 também conta com LEDs na iluminação e chave inteligente de presença(foto: Fotos: Ducati/Divulgação)
A Multistrada V4 também conta com LEDs na iluminação e chave inteligente de presença (foto: Fotos: Ducati/Divulgação)

ELETRÔNICA O pacote continua com as cornering lights, ou luzes adaptativas que iluminam a parte interna das curvas, o sistema que permite arrancar em aclives sem que a moto volte, nas suspensões eletrônicas que percebem o peso (piloto; piloto e garupa; piloto, garupa e bagagem) e se adaptam, além de se ajustarem conforme o modo de pilotagem selecionado: Sport, Touring, Urban e Enduro. Tudo indicado no painel em TFT de 6,5 polegadas, que pode espelhar o celular via Bluetooth, que tem um compartimento próprio com tomada USB para manter a carga.

Os freios contam com duplo disco de 330mm de diâmetro na dianteira e disco simples de 265mm na traseira, com pinças Brembo(foto: Fotos: Ducati/Divulgação)
Os freios contam com duplo disco de 330mm de diâmetro na dianteira e disco simples de 265mm na traseira, com pinças Brembo (foto: Fotos: Ducati/Divulgação)

A tecnologia do radar, inédita em motocicletas de série, permite manter a distância em relação aos veículos que estão nas proximidades. O dispositivo, com dimensões semelhantes ao de um cartão de crédito, é instalado de forma quase camuflada na carenagem frontal e sob a lanterna traseira. Com o piloto automático (cruise control) ativado, o piloto pode escolher quatro níveis de distanciamento de outros veículos da estrada, que a moto acelera e freia mantendo a distância. Se for necessário trocar de marchas, o quickshifter (para reduzir ou aumentar as marchas) não interrompe o piloto automático.
Painel tem tela em TFT de 6,5 polegadas e pode espelhar o celular via Bluetooth(foto: Fotos: Ducati/Divulgação)
Painel tem tela em TFT de 6,5 polegadas e pode espelhar o celular via Bluetooth (foto: Fotos: Ducati/Divulgação)

O motor com quatro cilindros em V fornece 170cv(foto: Fotos: Ducati/Divulgação)
O motor com quatro cilindros em V fornece 170cv (foto: Fotos: Ducati/Divulgação)

CEGO O radar traseiro (blind spot detection) detecta a aproximação de veículos, incluindo pontos cegos do piloto, por meio de LEDs instalados nos retrovisores. A aproximação dos veículos é indicada no painel e se o piloto acionar a seta, por exemplo, um aviso de perigo é acionado como alerta. O quadro também é inédito. Tem concepção monocoque em alumínio, que abraça os componentes e motor, integrando os sistemas com rigidez. A balança da suspensão traseira também é de liga leve e tem duplo braço em treliça.

O radar traseiro detecta a aproximação de veículos e alerta o piloto(foto: Fotos: Ducati/Divulgação)
O radar traseiro detecta a aproximação de veículos e alerta o piloto (foto: Fotos: Ducati/Divulgação)

A suspensão dianteira é invertida com tubos de 50mm de diâmetro e 170mm de curso, com regulagem na pré-carga da mola, compressão e extensão remotamente por pressão hidráulica. A suspensão traseira é Marzocchi com 160mm de curso e sistema semiativo Skyhook. Os freios contam com duplo disco de 330mm de diâmetro (V4 S), com pinças Brembo Monobloco de quatro pistãos Stylema. Na traseira, disco simples de 265mm, com pinça flutuante Brembo. A Multistrada V4 também conta com LEDs na iluminação e chave inteligente de presença.
A eletrônica também está presente na suspensão semiativa(foto: Fotos: Ducati/Divulgação)
A eletrônica também está presente na suspensão semiativa (foto: Fotos: Ducati/Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade